Imprimir
Visto: 2744

 Ateneu Cultural e Espiritual do Brasil

Secção da ALIANÇA FILOSOFICO-RELIGIOSA, E
ESPIRITUALISTA DO NOVO MUNDO

*

Sede legal temporária
Avenida Protásio Alvez, 3563 –apt.º 34

Universalia

Sede Espiritual

Porto Alegre, 2 de janeiro de 1963

Sr. ……………………………….

_________________________

 

Ilustríssimo Senhor:

O mundo assiste ao amanhecer de uma Nova Era, que se funda na Cooperação fraternal entre todas as diferentes organizações religiosas, fraternais, humanistas, espiritualistas e filosóficas independentes assim como entre todos os homens dignos e bem inspirados. De fato, o momento é propício para que todas estas pessoas e organizações idealistas ou bem intencionadas disponham-se a trabalhar, conjuntamente, sobre uma base positiva de cooperação, concórdia e fraternidade, transpondo todas as barreiras sectárias e convencionais, todos os escolhos de incompreensão e todos os tóxicos mentais criados pela ignorância. Assim, obter-se à a reabilitação do homem, dando-lhe, de veras, um sentido genuinamente universal a sua fé, a seus melhores ideais e a suas mais enobrecedoras aspirações espirituais.

A ALIANÇA FILOSÓFICO-RELIGIOSA E ESPIRITUALISTA DO NOVO MUNDO foi criada por estudiosos brasileiros, membros da grande Jerarquia Espiritual Universal, com a expressa e exclusiva finalidade de elevar o sentido moral e de ampliar a visão espiritual da Humanidade. Dai que seu labor tenha as características de uma indiscutível UNIDAD MORAL bem como de uma dignificante DINÁMICA ESPIRITUAL com o mais amplo sentido de eternidade e de universalidade.

Dei que, nesta hora crucial, a ALIANÇA FILOSÓFICO-RELIGIOSA E ESPIRITUALISTA DO NOVO MUNDO intensifique seus esforços e amplie seus campos de ação.

Por isso mesmo, convida a essa organização a cooperar com o Ateneu Cultural e Espiritual do Brasil, que é um serviço nato e exclusivamente cultural e de reabilitação social que caracteriza, cada dia mais, a dinâmica do mundo espiritualista o idealista.

Esta colaboração deve ser, sim tardança, gratuita, espontânea, e na medida de suas possibilidades, sem incorrer em maiores obrigações do que a de colocar em relevo, com esplendor cristalino, suas próprias normas de consciência e ensinamentos básicos, porém, acentuando, sobretudo, sua finalidade imediata e buscando preferentemente um sentido positivo que não pode ser senão prático as mesmo tempo que generoso e dignificante.

Essa organização está convidada a participar desde a primeira sessão do Ateneu Cultural e Espiritual do Brasil (1) que será levado a efeito no dia 31 de Janeiro de 1963, no Salão Maior do Instituto de Belas Artes, ás 21,oo horas.

Pretendemos celebrar reuniões deste gênero cada mês, ou, ainda, mais frequentemente, e, nelas, os Porta-Vozes mais qualificados de todas as organizações que queiram fazer uso desta alta tribuna, poderão fazê-lo livremente, pondo em destaque suas próprias convicções ou seus descobrimentos. Deste modo, produzir, de imediato, um contato de consciência, das classes ávidas de cultura, com as verdades eternas e universais, evitando todos os valados ou os abismos, que separam e antagonizam a Humanidade, distanciam-na de Deus e ensanguentam ao mundo.

Abrigamos a absoluta convicção de que nenhuma organização devidamente conceituada e nobremente inspirada se recusará a cooperar no sentido mencionado, já que, fundamentalmente falando, tais empenhos nunca podem contradizer ou opor-se a seus interesses substanciais, uma vez que constituem esforços destinados a polarizar e a viabilizar a realização de todos os ideais suscetíveis de dignificar ao homem e de alentar e orientar-lhe espiritualmente.

Nosso propósito é, além disso, chegar ás massas, por via de cultura reabilitadora e da adequada orientação espiritual. Por isso, propomo-nos a utilizar os serviços dos diferentes canais de Televisão e das estações de Radio de toda a nação, operando em cadeia (2).

A Nova Era, que assome, exige, por outra parte, que os problemas do mundo sejam efetivamente resolvidos. Deve-se achar um justo meio entre os extremismos ideológicos que se enfrentam, a fim de que a humanidade não se perca nos meandros de seus próprios problemas ou nos frondosos bosques de falidos sistemas de fé, quando não, nos desertos de tão belos ideais deixados irrealizados.

Tampouco é inteligente e plausível a violência, a guerra ou o ódio, que destroem ao vez de dignificarem ao homem e de resolver os problemas. De outro lado, a ciência impõe suas exigências, em forma de progresso, e, queiramo-lo ou não, ê imperioso que o homem consiga explicações do Verbo Espiritual bem como das Leis Divinas e da magia maravilhosa da vida universal, mediante a impecável lógica e os rigorosos métodos, impostos pela ciência. A vida, não o esqueçamos, é a gramática da natureza, enquanto o bem-estar e o progresso humano constituem a geometria do universo, e as maravilhas da parapsicologia demonstram ser como as matemáticas da genuína espiritualidade, que nos conduzem à Palavra Divina, eterna, feita Amor e Sabedoria.

Todas as religiões e filosofias, estamos seguros, dâo-se as mãos à verdadeira ciência quando os empenhos do homem são inteligentemente definidos e guiados pelos elevados e insubstituíveis Valores do Espírito.

A tarefa é, sem mais tardar, de todos e não deixa de ser árdua. Porém, cada qual tem sua própria soma de verdade e de conquista, se procede de acordo com seu coração e sua consciência, e é ai que se justifica a solidariedade e a cooperação frente mais rudes afazeres e provas da vida.

Muitos temas de importância vital se impõem nesta hora, como, por exemplo, a indispensável educação reabilitadora do ser humano … A liderança entre os homens não deve repousar nem no caciquismo, ou no ódio e na imoralidade… A verdade deve prevalecer sobre o mundanismo e vencer o materialismo… A parapsicologia, como fonte de reservas sublimadoras e como fator potencial de religião… Afastar do autêntico espiritualismo, o fetichismo, a feitiçaria, as lendas místicas e o animismo desenfreado… Relações entre Deus e os homens… Fronteiras distintivas entre a religião, os cultos ancestrais e o primitivo animismo… Diferenciação substancial entre o espiritualismo e a espiritualidade… Fenomenismo mental, neurológico e psicológico… Natureza das entidades dos mundos invisíveis ou superiores… As curas e a saúde mental pelo poder do espírito… Telepatia e comunicação universal… Vida visível e vida invisível ou extra-sensorial… Destinos estelares e gênios cósmicos… A yoga transcendental como meio de regeneração humana… Milagres sem mistério… Os Sagrados Mistérios à luz da parapsicologia… Hipnose como antibiótico mental… A sugestão como fator determinante da vida… O valor dos rituais e dos cultos frente às necessidades vitais do homem… O espiritualismo como antítese da idolatria e da superstição… A ciência da consciência… Teratologia civilizada ou cosmocracia… O milagre permanente da vida… A regeneração humana… A magia, o poder da vontade, a consciência criadora, a distância existente entre crer e criar, ou esperar e produzir… A características da Nova Era (Aquarius)… Tantos problemas que desafiam a inteligência humana através de todas as idades… Tarefa considerável , sem dúvida, que corresponde a todos igualmente, e que ninguém pode recusar.

A outros, tocará o fazer a sínteses racional, concludente, inevitável e efetiva da ciência, da filosofia, da arte e da religião, chegando, assim, ás essências da natureza, aos princípios da harmonia dinâmica do Universo, onde preside Deus em permanente presença, ou seja, à autêntica Verdade da vida.

Contando com sua colaboração franca e aberta, sugerimos que nos avise antecipadamente o nome da representação qualificada dessa organização, bem como, ainda, os temas que se propõem tratar. Ditos temas não devem ter mais de vinte minutos de duração sem caráter propagandístico, doutrinal ou proselítico, senão, pelo contrário, de ordem objetiva e absolutamente positiva.

Propomos que uma comissão dessa organização visite nossos escritórios, para sua conveniência e com a maior brevidade possível, a fim de coordenar melhor os esforços em referência e colaborar, se possível com a planificação da enorme tarefa empreendida.

O lema que adotamos deve dizer-lhe tudo a respeito de nossas conquistas imediatas.

Sem outra particular, ficamos muito afetuosamente e subscrevemo-nos

Presidente da Junta Diretiva

A entrada é GRATUITA e por CONVITE, unicamente.

* (1) --- Convém aclarar aqui, a fim de evitar equivocações, que o ATENEU constitui uma das diferentes atividades da Universidade Mundial Científico-Espiritual dos Novos Tempos, e não se deve confundir o ATENEU quer seja com a Cátedra popular de *Ciência da Religião* ou com a *Missão Cultural e Espiritual*, as quais são, respectivamente, partes integrantes da própria Universidade Espiritualista em referência e do Congresso Humano. E estas duas organizações, por sua vez, são partes funcionais independentes da ALIANÇA FILOSOFICO-RELIGIOSA E ESPIRITUALISTA do NOVO MUNDO, como o é também o Serviço de Ajuda Social e Socorro Económico bem como o Coral Brasileiro e a Escola de Eurritmia Vital, que estão, já, em preparação.

Muito embora todas estas atividades pareçam semelhantes, queremos assinalar que o são somente em essência e finalidade ulterior, já que, enquanto a Universidade é puramente de caráter educacional prático e de dinâmica espiritual universalista, o ATENEU é por excelência, um empenho cultural e de carácter social, humanista e fraternal efetivo; em troca, a *Missão Cultural e Espiritual* é, fundamentalmente, uma vocação implícita para a difusão generosa e infinita das verdades eternas e universais, num sentido de serviço incondicional para toda a humanidade.

Vale a pena repetir, sem dúvida, que a ALIANÇA FILOSÓFICA-RELIGIOSA E ESPIRITUALISTA do NOVO MUNDO é, nitidamente, Brasileira, a pesar de idêntica a muitas outras que existem noutros continentes. As organizações associadas conservam, desde logo, sua independência e autonomia soberana, e suas atividades em conjunto verdadeiramente harmonioso, inteligente e fraternal, são absolutamente gratuitas. Não é nem sectária nem proselítica, nem se interessa em participar de nenhuma forma de politica, mercantilismo (lucro), racismo, tradicionalismo, messianismo, ritual, obsessão fanática (superstição e fetichismo), ou personalismo, e é mantida, exclusivamente, por seus próprios Associados, mediante o pagamento de quotas mensais o anuais, o pelos donativos espontâneos de seus simpatizantes. Tal é a universalidade que nos caracteriza.

******************************

* (2) … Demasiado amiúdo se crê, com uma facilidade que desconcerta, que demonstra superficialidade extrema e sensorialismos que tanto o puro ESPIRITUALISMO como o genuíno ESOTERISMO e a autêntica RELIGIÂO, sem omitir a FILOSOFIA prática e a ARTE inspiradora constituem lins em si, ao invés de meios que conduzam a certa meta bem definida.

 Em nosso leal entender, e o dizemos com toda franqueza, a cultura integral (cultura da alma, cultura da consciência, cultura do coração, e cultura que é sublime apostolado de poesia e graça, que promove, sem cessar, a Irmandade dos homens de diferentes raças, credos e tradições) constitui o melhor, senão o único fator para valorizar as diversas formas de aspiração, expressão e função do mecanismo inteligente da humanidade. De fato, sem essa cultura ampla, há somente superstição ou erotismo místico, primitivismo anímico, fetichismo ou idolatria, obsessão ou fanatismo, charlatanearia grotesca, impostura descarada, autodidatismo irreverente, violência animalesca, megalomania cínica, lamentável subdesenvolvimento mental, fatídica debilidade (ou pobreza) de espírito e a intolerância brutal ou barbárie instintiva.

A ALIANÇA FILOSOFICO-RELIGIOSA E ESPIRITUALISTA DO NOVO MUNDO, consciente de sua missão cultural e espiritual, convidou duas Missões Culturais e Espirituais, uma da Europa, que é, já, hóspede de honra do povo Brasileiro e a outra, de América do Norte, que chegará em breve, para que nos brindem os frutos de sua valiosa experiência, de sua sabedoria indiscutível, de sua marcante sensibilidade primorosa e de sua insigne contribuição cultural e espiritual no sentido acima apontado.

Não esqueçamos que nem Deus nem a consciência cósmica, nem as leis universais, nem a genuína verdade, nem a ética, nem a autêntica cultura, como tampouco o pensamento excelso, nem os sentimentos puros conhecem limitações sectárias nem possuem características geográficas, políticas o nacionalistas.

Ademais, também providenciamos os meios para que se traga a nossa pátria por algum tempo, o MUSEU MUNDIAL DA HISTÓRIA VIVENTE DO HOMEM, que se exibirá em várias partes do País. Este Museu é “sui generis”, já que, criado em 1919, em Berlim, não cessou de desenvolver-se, acumulando evidências de vivida expressão da personalidade e da dignidade humana, a través das idades, revelando acervos de diferentes culturas da mesma forma que das diferentes etapas de consciência humana e do progresso cientifico em si. Constituí, este Museu, a maior proeza da humanidade no sentido cultural, e apresenta evidências irrefutáveis da história vivida, da parapsicologia e da metapsíquica, da consciência criadora, das curas espirituais, da consciência cósmica, das influências ou intercessões dos planos invisíveis, da telepatia, dos aportamentos por materialização, das fotografias ESP do invisível, do mecanismo da mente, características do ecumenismo de todas as religiões, quadros comparativos da ciência da religião, revelações pictóricas da Yoga esotérica, quadros reveladores dos mitos comparados, dos Mistérios Maiores e Menores em gráficos dos valores da consciência espiritual, apresentação de evidências sobre os Santuários Espirituais e da Jerarquia Espiritual e Universal e, enfim, contém arquivos originais de organizações antigas e, às vezes, pré-históricas, como da Grande Irmandade Branca (Aghartha), da Venerável Ordem do Rocio da Manhã, da Ordem Real Faraônica, da Soberana Ordem dos Cavaleiros de Jerusalém, da Venerável Ordem do Sagrado Graal, da Real Ordem do Cisne, da Maha Sangha, da Maha Yoga Mandira, da Maha Bodha Mandala, da Maçonaria Esotérica, da Ordem Comasini, da Irmandade de York, etc. etc. É integralmente formado por contribuições mediante aquisições excepcionais, o por doações de organizações e particulares, que compreendem a importância do escrúpulo em fazer conhecer “urbi e orbi”, de maneira metódica e libérrima, todos os aspectos da verdade histórica ou eterna e universal. É, por isso, um verdadeiro COSMORAMA VIVENTE da cultura e, por excelência, o Museu Vivente do Espiritualismo Universal, cujo mérito máximo consiste em o fato de ser compilado e ordenado por lá Grande Jerarquia Espiritual Universal, senão o de aportar soluções definitivas aos problemas econômico-sociais da mesma forma que aos rudes conflitos que existem entre a ciência e a religião, ou entre o materialismo cru e a espiritualidade liberadora, além de constituir o esforço mais serio para estabelecer o muito anelado nexo e a sínteses tão ansiados pelas esferas filosóficas desde Pitágoras ----- entre a arte, a religião, a filosofia e a ciência.

Este Museu que teremos em breve a felicidade de conhecer, tem o singular mérito, ademais, de haver sido resgatado, recentemente, da Cuba Comunista, junto com a Missão Espiritual que o tem a seu cargo, por uma oportuna intervenção das NAÇÔES UNIDAS e da ORGANIZAÇÂO DOS ESTADOS AMERICANOS, pressionados por centenas de diferentes organizações religiosas, humanistas, fraternais, espiritualistas e filosóficas.

****